Private Label

A tradução literal de “private label” é “rótulo privado”, que pode ser entendido como “marca privada” ou “marca própria”. E o que queremos dizer com esse tema? Acompanhe o texto até o final para saber a grandiosidade do universo private label e tudo o que ele pode te proporcionar.

O que é “Private Label”?

Muito provavelmente, você conheça pessoas que sonham em empreender…. Por exemplo, sabe aquelas pessoas que sonham em ter a sua própria marca de cosméticos? E após um tempo, essa pessoa cria um perfil nas redes sociais e começa a se engajar no marketing para divulgar a sua marca? Provavelmente, você até tenha amigos que alcançaram a independência financeira através de trabalhos como esses.

Mas o “x” da questão é: Como essas pessoas começam a produzir produtos de marca própria, se elas não possuem uma indústria de cosméticos? Pois é, elas adotam o modelo PRIVATE LABEL, e esse modelo tem crescido em diversas áreas, inclusive no mercado de cosméticos, você sabia disso?

Talvez, você esteja se perguntando: “ok, já entendi que muitos se utilizam de private label para iniciar no mundo do empreendedorismo, mas afinal, o que esse modelo de private label faz de tão especial?” A gente responde: o modelo de private label nada mais é do que um tipo de contratação que uma empresa faz com outra, para que esta, trabalhe no desenvolvimento de um produto, digamos que seja uma forma de terceirização.

Se você já possui um nome, uma ideia de produto capilar e tudo mais que for necessário para dar vida ao seu produto (que até então só existe no seu imaginário), a alternativa de private label, é a solução mais interessante para começar a empreender.

As vantagens de Private Label:

As vantagens de investir nesse modelo de negócio são várias, como por exemplo: você tem a chance de manter o foco no marketing de lançamento do seu produto, sem ter que se preocupar com a produção do mesmo, já que uma empresa contratada está responsável por sua fabricação; você tem também a chance de investir seu capital na área comercial, ou seja, o investimento que iria para a fabricação, pode ser aplicado em outros setores.

Agora, falando do mercado de cosméticos, onde existem indústrias que atuam com private label, podemos mencionar a Floractive, que atualmente atende diversas marcas para o desenvolvimento de produtos, como shampoos, condicionadores, máscaras, leave-in e selagens, garantindo a fabricação e controle de qualidade dos mesmos. Tudo desenvolvido com total responsabilidade com o meio ambiente, e não realizando testes em animais.

Pontos a serem avaliados:

Então, se você já sabe que quer entrar no ramo de cosméticos, alguns pontos devem ser avaliados antes de fechar uma contratação terceirizada. Assim, como muitas indústrias são certificadas e comprometidas com sua fabricação, também há aquelas que podem entregar um produto de má qualidade. Por isso é importante certificar-se que a empresa contratada cumpre com as normas de Vigilância Sanitária (Anvisa), além de considerar as causas que a empresa apoia e se ela compactua com os valores que você deseja agregar para a sua marca.

E ai, o que achou dessa alternativa? O sonho de concretizar o negócio próprio está mais perto do que se imagina com private label.

Deixe um comentário